Tipos de Empresas de Produção

Por: Adm. Clara Pellegrinello Mosimann em 06/08/2014 - 0

Atualmente pode-se segmentar as empresas de produção de bens  de acordo com sua forma de atuação em 3 tipos: a tradicional, a de alta tecnologia e a integrada.

Embora ainda existente, principalmente nos países menos desenvolvidos, a empresa tradicional de produção de bens está perdendo terreno para a empresa de alta tecnologia e para a empresa integrada.

A empresa tradicional tem sua economia ainda calcada na mão-de-obra e possui grande número de empregados comparativamente à capacidade de geração de receita. Neste tipo de empresa as máquinas são individualizadas, os comandos são mecânicos e a lógica de controle é elétrico, quando não manual.

As tarefas são repetitivas e suas operações são realizadas num lugar determinado e geralmente exige mão-de-obra com escolaridade ou conhecimentos não muito altos.

Contrapondo-se às características da empresa anterior, a empresa de alta tecnologia apresenta inovação tecnológica contínua, exigindo como consequência, recursos humanos com elevado grau de conhecimento e escolaridade e com qualificação permanente.

O homem é tido como um ser pensante, necessário apenas para os processos decisórios, que compreende o planejamento e o controle, pois que o trabalho repetitivo ou de esforço é realizado totalmente pelas máquinas, quase sempre robotizadas.

Na empresa integrada há uma ruptura com a rigidez do cargo e com a monotonia da rotina. O trabalho é realizado não mais num  processo contínuo por pessoas, de forma individualizada, mas por equipes, sob a forma de projetos. Na equipe, os empregados encontram oportunidades para seu desenvolvimento pessoal,  pois as pessoas são estimuladas à iniciativa e à criatividade. Cresce,  dessa forma, a autonomia pessoal do empregado ou do contratado, e, como consequência, cresce também a sua responsabilidade.

Neste tipo de empresa, para que o sucesso seja factível, as equipes têm que ter um conhecimento de forma profunda dos objetivos da empresa, como a missão, os  valores, as políticas e os planos da empresa, tanto em nível estratégicos quanto operacional, pois serão eles os condutores dos resultados.

Este tipo e empresa tem uma estrutura horizontal, com poucos níveis hierárquicos e a mão-de-obra tende a ser parcialmente terceirizada ou contratada por períodos determinados.

O empresário desse tipo de empresa não pode ser centralizador, pois as decisões ssão sempre tomadas em equipe. A delegação é primordial para que a empresa sobreviva. Há uma cultura totalmente voltada para o controle do resultado, sendo o controle da execução efetuado pela própria equipe responsável por ela.

Este tipo de empresa requer uma cultura empresarial baseada em confiança por parte do empresário e de alta responsabilidade por parte de todos os componentes das equipes.


Tags: Empresas

Adicionar um novo comentário

 

 
A FESAG tem o compromisso de auxiliar na formação continuada incentivando de modo ativo os alunos a aperfeiçoarem-se Leia mais